Sou fundador do Clude e, como nós, existem milhares de empresas que precisam cobrar de seus clientes valores mensais recorrentes.

Grande parte dos brasileiros possuem conta bancaria em um dos 5 grandes bancos brasileiros.

A solução é simples: buscar nos grandes bancos a possibilidade de cobrar nossos clientes via débito em conta corrente. Certo?

Errado. As grandes instituições não têm produtos para empresas dedicados a cobrança via débito em conta corrente de forma simples e barata (hoje pagamos R$ 2,00 por boleto emitido via uma fintech).

Mas boleto é uma solução pouco eficiente. Quem nunca esqueceu de pagar um boleto ou nem mesmo chegou a recebe-lo?

Esse tem sido nosso maior desafio: como cobrar mensalidade dos nossos clientes de forma simples e sem emissão do boleto?

Muitos dos clientes não possuem cartões de credito, ou não gostariam de comprometer seus limites com uma cobrança recorrente. O cartão não é uma resposta definitiva.

Portanto, tomo a liberdade de usar este espaço para pedir aos bancos ITAÚ, BRADESCO, BANCO DO BRASIL, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL e SANTANDER que avaliem a possibilidade de criar uma modalidade de débito automático para pequenas empresas, visando ajudar o empreendedor brasileiro a gerar empregos, encontrar um caminho que facilite os seus negócios e os faça prosperar.

 

Marcio Mantovani, fundador do Clude