Esta matéria foi originalmente publicada no site: Terra

Mais abrangentes e acessíveis, as health techs ganham espaço no mercado de saúde brasileiro. Segundo estudo do Distrito HealthTech Report realizado ano passado, entre 2018 e 2019 houve um aumento de 34% no número de startups voltadas para o ramo no Brasil.

Aliada indispensável da saúde, a tecnologia tem se tornado fundamental no combate e prevenção de doenças. No Clude, health tech brasileira, os assinantes do serviço têm acesso a descontos em consultas, exames, medicamentos, vacinas, lojas, restaurantes, tele e video-orientação médica, programa de reeducação alimentar e exercícios, orientação jurídica, financeira, social e muito mais.

No início, o paciente preenche uma ficha clínica e recebe monitoramento de acordo com as necessidades. A Clu, assistente virtual da empresa, envia perguntas conforme o uso da plataforma e, com esses dados, monta um perfil personalizado com dicas específicas de alimentação, exercícios, exames, consultas, check-ups e alertas de medicamentos.

Para esclarecer qualquer tipo de dúvida sobre saúde, os assinantes têm acesso a tele orientação médica gratuita 24h/dia e 7 dias/semana, além de video-orientação médica com especialistas pela metade do preço da consulta.

Com esse pacote de soluções a preços inclusivos, os idealizadores da health tech pretendem transformar o modo com que as pessoas cuidam da saúde e acessam benefícios em bem-estar, tornando-se assim a principal alternativa aos planos de saúde.