Portadores de doenças crônicas como hipertensão, diabetes e obesidade recebem atendimento médico em tempo real para otimizar os cuidados preventivos com a saúde e otimizar a qualidade de vida dos brasileiros, a health tech Clude lançou o monitoramento de doenças crônicas. Disponível para assinantes pela plataforma ou app, o serviço funciona a partir de uma base de dados alimentada pelo usuário e diariamente monitorada por uma equipe médica interdisciplinar.

A Clu, assistente virtual da health tech, envia perguntas de frequência diária ou semanal para acompanhar dados importantes da saúde dos pacientes e, assim, constrói um histórico em formato de gráfico para monitorar variações e possíveis riscos.

Quando os dados saem do normal e ameaçam comprometer a saúde do assinante, a equipe médica é acionada e entra em contato com o paciente para orientá-lo nas medidas preventivas, como foi o caso de Adelson Santos. Portador de diabetes há 6 anos e usuário da plataforma do Clude, ele realiza o monitoramento da glicemia na plataforma diariamente.

“Fiz a medição e estava por volta de 400mg/dL, o que é bastante alto. E como foi dentro do sistema, um enfermeiro do Clude recebeu a notificação e entrou em contato comigo”, conta. Adelson foi encaminhado para a vídeo orientação médica com todos os dados que coletou na plataforma ao longo dos últimos meses e orientado a trocar a medicação.

Tudo fica registrado e disponível para download em uma planilha ou em um gráfico. Além do monitoramento, os assinantes possuem acesso à telemedicina gratuita 24h/dia e 7 dias/semana com clínico geral, vídeo orientação médica com especialistas, descontos em remédios, consultas, exames, programa de reeducação alimentar e emagrecimento por apenas R$ 50/mês para toda a família (a assinatura inclui cônjuge e filhos de até 18 anos).